quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Snoopy

Criador da personagem SNOOPY - Charles Monroe Schulz


Charles Monroe Schulz nasceu em Mineápolis a 26 de Novembro de 1922 e morreu em Santa Rosa, a 12 de Fevereiro de 2000. Foi um cartunista americano, criador da série Peanuts e das personagens Charlie Brown e seu cachorro da raça beagle chamado Snoopy, entre outros. Iniciou a série de desenhos do Snoopy em 2 de outubro de 1950 e desenhou-os por mais de 50 anos, até se aposentar em virtude da sua doença, em 14 de dezembro de 1999. Schulz faleceu em 12 de fevereiro de 2000, vitima de um ataque cardíaco com 77 anos.
A sua última tira foi publicada um dia depois, 13 de fevereiro, uma tira em que se despedia de seus fãs e de seus personagens queridos.


Snoopy Peanuts

video

Snoopy aparece pela primeira vez numa tira de 4 de Outubro de 1950. Schulz originalmente ia chamar o cão de "Sniffy", até que descobriu que esse nome já era usado noutra banda desenhada (tirinha). Snoopy foi durante dois anos uma figura silenciosa, agindo como um cão real (caminhava sobre as quatro patas), mas, em 19 de Outubro de 1952, ele verbalizou os seus pensamentos aos leitores pela primeira vez através de balões; Snoopy tinha também a capacidade de entender tudo o que as restantes personagens dos Peanuts, com quem interagia, diziam. Schulz, após esta data, passou a incluir essas características na sua banda desenhada.

Snoopy é um cão extrovertido, com muitas virtudes. A maior parte delas não são reais, mas sonhos que fazem parte do seu mundo de fantasia, que aparecem quando Snoopy dorme no telhado da sua casota. Um dos primeiros desenvolvimentos do personagem de Snoopy foi a sua tendência para dormir no telhado da sua casa, em vez de dentro dela. Depois, Snoopy passou a andar apenas com duas pernas como um humano. Isso rapidamente se tornou tão comum que quase não se notou quando Snoopy começou a revelar uma variedade de personalidades, a mais notável é a do piloto da Primeira Guerra Mundial. Para compor esta faceta, ele põe os seus óculos de aviador, o seu capacete e voa no seu Sopwith Camel (na verdade, a sua casota), lutando contra Manfred von Richthofen o Barão Vermelho (que aparece indirectamente representado pelas balas que atingem a sua casota).
O contraste entre a existência de Snoopy no mundo dos sonhos e de Charlie Brown no mundo real é o centro do humor e da filosofia de Peanuts.

Schulz, numa entrevista em 1997, disse o seguinte acerca do carácter do Snoopy: "ele tem que sair do seu mundo de fantasia para sobreviver. Por outro lado, se assim fosse ele levaria uma vida miserável e aborrecida." Charlie Brown é o dono do Snoopy, mas a relação entre eles não era como mestre e servo.



curiusidade
A “voz” por detrás das famosas personagens do cão animado Snoopy e do seu pássaro Woodstock, Bill Meléndez, morreu aos 91 anos.

Woodstock é o pássaro que veem na imagem a baixo ao lado de snoopy,é a menor personagem de histórias em quadrinhos da Peanuts, mas com grande presença para um passarinho. É o melhor amigo de Snoopy e também seu fiel confidente. Fala apenas a linguagem dos pássaros, usando um alfabeto cheio de exclamações que expressam emoções, frustrações e seu real temperamento nas tiras de Charles Schulz.